Dentro e fora do campo – alguns dos melhores jogadores portugueses

In Entreternimento, Muito Interessante by Raquel PLeave a Comment

É verdade que as coisas não parecem animadas para a seleção portuguesa neste Euro 2016. Mesmo ganhando amanhã à Hungria, as quinas não têem ainda a próxima fase do Euro 2016 garantida. Porém, não percamos nem a esperança nem o ânimo. Saiba (ou confirme…) aqui algumas curiosidades de alguns jogadores portugueses e reveja até alguns vídeos de publicidades em que participaram.

Luís Figo

O ex-capitão de equipa foi considerado o melhor jogador do mundo em 2000 quando ganhou a Bola de Ouro. Os seus talentos começaram-se logo a revelar aos 10 anos quando jogou no clube local “Os Pastilhas”. Iniciou a sua carreira a sério nas escolas do Sporting CP, clube do qual ainda é sócio hoje em dia. E não era só no futebol que Figo se destacava. Era também um excelente aluno, principalmente a Matemática. Porém, desistiu de ir para a faculdade para seguir carreira no futebol.

Luís Figo pela seleção portuguesa

Imagem: cortesia de planotatico.com

Recorda-se do anúncio publicitário que Figo fez para a Danone? 🙂 Recorde-o!

Pedro Pauleta

Quem não se recorda do icónico vôo de milhafre que o “Ciclone dos Açores” reproduzia de cada vez que marcava um golo ao serviço da seleção? Este grande craque, porém, nunca jogou no campeonato português. O Paris Saint-German foi o clube onde se destacou, ao serviço do qual marcou 109 golos. Já pela seleção marcou 47, apenas ultrapassado por Cristiano Ronaldo. Em Junho de 2003, viu uma estátua em sua honra ser erguida nos Açores, representando o famoso vôo.

Voo de Pauleta

Imagem: cortesia de fundacaopauleta.com

Pauleta também deu cartas na publicidade. Reveja um dos anúncios que fez para a marca de queijos açoreanos Terra Nostra.

Rui Costa

Apesar de ter jogado ao serviço de dois clubes estrangeiros – o Fiorentina e o AC Milan – Rui Costa sempre teve o seu coração no SL Benfica e foi nesse clube que terminou a sua carreira em 2008, ano no qual foi considerado o melhor jogador do ano do Benfica. Nele permaneceu desde então até à data, como diretor desportivo.

Rui Costa celebrando um golo

Imagem: cortesia de catedraldaluz.blogs.sapo.pt

Recorde a despedida que os adeptos do Benfica dedicaram a Rui Costa no seu último jogo quando saíu aos 86 minutos.

Fernando Couto

Se Pauleta voava como um milhafre, Fernando Couto tornou famosa a sua cambalhota após marcar um golo. Proveniente das escolas do FC Porto, este defesa passou também por alguns clubes estrangeiros e, obviamente, pela seleção nacional. Aliás, foi o primeiro jogador português a atingir as 100 internacionalizações. Estreou-se em 1990, ano em que o seu colega de clube, (ainda o FC Porto), Vítor Baía, também se estreou.

Fernando Couto

Imagem: cortesia de pt.uefa.com

Reveja em baixo a icónica cambalhota, ao serviço do SS Lazio.

Cristiano Ronaldo

Amado por milhões e talvez não tão amado por outros tantos, a verdade inegável é que Cristiano Ronaldo é uma máquina em campo e é talvez o melhor jogador de futebol de todos os tempos. Dos diversos prémios com que já foi galardoado, destacam-se:

Bola de Ouro – 2008, 2013 e 2014

Bota de Ouro – 2008, 2011 e 2015

Tudo começou tinha Ronaldo 8 anos, no Clube Futebol Andorinha de Santo António. Em 95 assinou pelo Nacional da Madeira, mas foi em 97 que começou a ganhar notoriedade já no Sporting CP. Tal como Luís Figo, ainda hoje Ronaldo é sócio do Sporting. Mais tarde seguiram-se o Manchester United e atualmente o Real Madrid.

Crisitiano Ronaldo

Imagem: cortesia de www.theepochtimes.com

Apesar da sua vida amorosa ser algo atribulada – Ronaldo tem inclusivamente um filho, mas nunca revelou quem é a mãe – Ronaldo tem revelado também o seu lado humanitário que é quase tão grande quanto o seu talento no futebol. Entre outras causas, Cristiano é cara do Save The Children e é dador regular de sangue.

Cristiano é frequentemente visto em cenas de amizade com os seus fãs mais pequenitos. Veja em baixo um vídeo em que ofereceu a sua camisola a um rapazinho após um remate livre seu ter atingido o pequeno.

Grandes jogadores que, apesar de provenientes de clubes rivais, sempre demonstraram grande união e amizade quando ao serviço da Seleção Portuguesa de Futebol, em que as diferenças clubísticas não tinham lugar. E assim me despeço, desejando a melhor das sortes para Portugal amanhã frente à Hungria.

Força Portugal!

Recorde também 5 grandes golos de jogadores portugueses em Europeus. Clique aqui.

Leave a Comment