A Origem de 5 Superstições

In Entreternimento, Muito Interessante by Raquel PLeave a Comment

A propósito do Dia do Gato Preto, que ainda hoje é considerado por alguns, um símbolo de azar, achei por bem ir investigar o porquê de algumas das nossas superstições mais comuns. Encontrei alguns motivos curiosos. Leia em baixo.

1 – Gato Preto – esta superstição remonta à Idade Média, época de grande atraso na ciência e, logo, ignorância relativamente a imensos factos e fenómenos. Reza a História que um certo dia um pai e um filho passeavam pela cidade inglesa de Lincolnshire quando um gato preto se cruzou no seu caminho. Os dois decidiram atirar-lhe pedras por diversão, atingindo-o numa pata. O gato fugiu e refugiou-se em casa de uma mulher de quem se suspeitava que praticava bruxaria. No dia seguinte, a mesma mulher saíu de casa coxeando de uma perna. Imediatamente se associou o gato apedrejado à mulher coxa e assim nasceu o mito das bruxas se transformarem em gatos pretos e, logo, que o gato preto dava azar.

Gato Preto

2 – Dizer “Que Deus te abençoe” após alguém espirrar – apesar de os termos mais comuns serem “santinho” ou “saúde”, durante muito tempo “Deus te abençoe” era a expressão imediatamente dirigida a quem acabava de espirrar. Ainda hoje os falantes de língua inglesa dizem “God bless you”. A razão remota ao séc. VI quando a peste bubónica aterrorizou a Europa. O primeiro sintoma de quem era atingido por esta doença era precisamente espirrar. O Papa Gregório, o Grande, ordenou então que as pessoas rezassem pelos enfermos, resultando em “Deus te abençoe” ser proferido de imediato após um espirro.

A superstição de espirrar

3 – Sexta-feira 13 – Esta superstição nasceu a 13 de Outubro de 1307, uma Sexta-feira, com um terrível massacre aos cavaleiros templários ordenado pelo rei de França, Filipe, o Belo. Este monarca temia o poder e riqueza crescentes da Ordem dos Templários, pelo que decidiu pôr-lhe fim. Os templários foram então perseguidos, capturados e, nesta dita Sexta-feira, torturados barbaramente e queimados vivos. A cena foi de tal forma horripilante para quem assistiu, que as pessoas começaram a associar a Sexta-feira 13 a um dia de muito má sorte.

Massacre dos tenplários está na origem da Sexta-feira 13

4 – Abrir o guarda-chuva em casa – a razão mais comum data à Londres do séc.XVIII quando começaram a aparecer os primeiros guardas-chuva. Fabricados com varetas de metal rígido, tornaram-se num verdadeiro perigo quando abertos de repente dentro de casa. Os acidentes com crianças, objetos partidos e feridas a quem estava por perto tornaram-se frequentes. Nasceu assim a ideia de que abrir um guarda-chuva dentro de cada dava azar e a superstição até acabou por proteger as pessoas que, crentes nela, evitaram abrir este perigoso objeto dentro de casa.

Não abra o guarda-chuva dentro de casa

5 – Passar debaixo de um escadote – no Antigo Egito, um escadote encostado a uma parede formando assim um triângulo, era uma forma sagrada para os deuses. Logo, atravessá-la era como profaná-la e ofender as divindades. Há ainda a explicação de que, como um escadote significa a elevação, passar por debaixo dele iria contrariar a ascenção. Consta ainda que, no séc. XVII, em Inglaterra, os criminosos eram forçados a caminhar debaixo de um escadote antes de subirem ao cadafalso.

Não passe debaixo de um escadote

Conheça também algumas superstições relacionadas com o jogo em casinos no antigo blog do casino Royal Vegas.

Jogue já num dos nossos casinos!

Casino Online Royal Vegas
Casino Online Platinum Play
Casino Online Euro Palace
Casino Online Casino La Vida
Casino Online Red Flush
Casino Online Vegas Palms

 

Leave a Comment