6 tradições de Páscoa estranhas

In Estilo, Muito Interessante by Raquel PLeave a Comment

Lembra-se de há uns meses eu ter escrito sobre 6 tradições de Natal estranhas? Bem, a Páscoa também não fica atrás e alguns países celebram-na de uma forma muito pouco convencional, algumas delas nada tendo a ver com o coelho ou com as amêndoas. Vamos ver.

Doces ou Travessuras na Suécia

Este festival, que geralmente ocorre durante o Dia das Bruxas, celebra-se pela Páscoa na Suécia. Todos os anos a 30 de Abril, o Walpurgis envia as crianças para a rua mascaradas de bruxas e monstrinhos para pedir doces. Durante este período também se acendem fogueiras para espantar os espíritos do mal. Como dia 30 de Abril costuma ser muito próximo da Páscoa, o Walpurgis acabou por integrar esta festividade.

Imagem: cortesia de www.imagebank.sweden.se

Cuidado com o chicote na República Checa

Durante a Páscoa, os homens costumam fazer um chicote entrançado chamado Pomlázka e com ele batem nas esposas ou namoradas (esperemos que não com muita força!) para lhes transmitirem boa sorte, prosperidade e saúde. O costume tem tanto sucesso que acabou por se expandir a outros familiares e até aos animais de estimação.

Imagem: cortesia de www.catracalivre.com.br

A Guerra dos Ovos no México

A chamada Cascarones é o nome dado à guerra dos ovos no México. Para se preparar para esta guerra, deve fazer um furinho nos ovos, esvaziá-los e enchê-los de confettis. Para as crianças, também pode (se conseguir) colocar um pequeno brinquedo ou doces dentro dos ovos. Agora é só atirar à discrição. Os mexicanos acreditam que levar com um cascarón na cabeça traz boa sorte.

Imagem: cortesia de www.megacurioso.com.br

Abra o fogo na Grécia

No seguimento dos chicotes e das guerras de ovos, vamos agora até à ilha de Chios, na Grécia, assistir ao combate de duas igrejas ortodoxas com fogo-de-artifício. Esta tradição já tem cerca de um século e os foguetes e fogos-de-artifício são criados pelos próprios habitantes. Tornou-se tão famoso que todos os anos milhares de turistas ruma a esta ilha para assistir ao bombardeamento.

Imagem: cortesia de www.g1.globo.com

Esculturas de manteiga na Polónia

Na Polónia, é tradição esculpir um cordeiro inteiramente de manteiga, conhecido pelo nome de Baranek Wielkanocny. Este cordeiro é um complemento ao almoço de Páscoa. Quem não tem paciência ou jeito para a escultura pode comprá-lo já feito, mas tradicionalmente deve ser esculpido em casa. Deve também ser consumido começando pela cauda e terminando na cabeça.

Imagem: cortesia de www.pinterest.com

Baldes de água fria na Hungria

Tal como na República Checa, na Hungria também são as mulheres quem mais leva por tabela com esta tradição. O Smingus-Dyngos, como é conhecido, consiste em literalmente atirar baldes de água fria nas mulheres que se vestem tradicionalmente para a ocasião. Lembra-se do desafio dos baldes de água fria? Aparentemente também é para lhes dar boa sorte, mas imagino alguns homens a gozar bem o momento. 😉

Imagem: cortesia de www.findnews1.blogspot.com

Por Portugal parece que permanecemos um pouco mais tradicionais. Conhece outras tradições que, no mínimo, são diferentes? Partilhe-as connosco.

Leave a Comment